Quer produzir mais e melhor? Conheça este recurso

Muitas pessoas carregam nos ombros o peso do mundo com a ingrata obrigação de “dar certo na vida”, isso ocorre por conta da velocidade com que as coisas ocorrem num curtíssimo espaço de tempo, assim, as pessoas, de um modo geral, acabam alimentando a ideia de que estão ficando para trás em alguma área da vida e que, portanto, precisam ser impecáveis em tudo o que fazem, exercendo uma cobrança muitas vezes desmedida em torno de si mesmas e de sua performance.

Também não estou afirmando com isso que a competitividade não deveria existir e nem que tampouco as pessoas deveriam se esforçar para construir um resultado significativo na vida e moldar a sua carreira pelos seus esforços. Absolutamente! Mas afirmo que existe um recurso que pode ajudar muito os alunos, atletas, concurseiros, políticos, vendedores, executivos e outros profissionais de áreas diversas a terem um melhor rendimento com menor desgaste físico, emocional, intelectual e com menos stress: Me refiro ao estado de atenção relaxada.

O primeiro contato que tive com esse recurso foi quando estive em West Lake, na Califórnia, jogando golfe, que eu nunca havia tido contato antes, senão por um noticiário ou outro, mas jamais havia me atrevido a jogar. Pois bem, depois das orientações iniciais (e algum treino), fomos à prática e eu, com meu espírito competitivo, queria, no meu amadorismo, impressionar a todos com um resultado acima da média, uma das coisas que mais me descrevem é o meu empenho e entrega incondicional para entregar o meu melhor, se por um lado isso é bom, por outro, consome muita energia desnecessária.

Então, com essa cobrança na cabeça, fomos percorrendo o campo e eu, tentando, sem sucesso, colocar a bolinha no buraco e somar o máximo de pontos possível, mas enquanto eu focava em acertar a todo custo, mesmo com pouca habilidade, afinal, era a minha primeira vez, eu insistia nas tacadas, algumas sem direção, outras, forte demais, até que em uma dessas, o Tim Gallwey, meu mestre, interveio:

Tim: Hey, o que você está fazendo?

Eu: Como assim? Estou tentando colocar a bola no buraco.

Tim: Ok! Então, não tente colocar a bola no buraco, apenas taque, da melhor forma que puder, sem pensar no resultado final, divirta-se, simplesmente.

Achei o comando estranho, mas respeitei, embora contrariado, pensei: “Como assim não tentar acertar o buraco?!”. Nesse momento, fechei os olhos, respirei fundo, esvaziei a mente e depois de alguns poucos segundos, apenas procurei dar a melhor tacada, observando o peso do taco, a empunhadura (maneira como eu o segurava), a direção da cabeça e, por fim, o impacto do taco na bola, não pensei em mais nada além desses elementos. Resultado: Bola no buraco!

Naquele momento, olhei para o Tim, que estava ao meu lado, com os braços cruzados e sorrindo com um ar que expressava um misto de orgulho e satisfação e, em meio ao meu alívio e surpresa, perguntei: O que você fez? Sua resposta foi simples: Apenas tirei o peso da cobrança pelo resultado final do seu ombro.

Desse modo, o estado de atenção relaxado, tem o propósito de deixar a pessoa 100% conectada com a jornada, sem se preocupar com o resultado em si, o objetivo é tirar a “carga” para que ela caminhe da forma mais leve possível, obtendo assim, uma performance “descompromissada”, como acontece com um jogador talentoso estreando em uma partida oficial, ou seja, como ninguém o conhece, não há tanta cobrança sobre ele, isso o deixa mais à vontade para fazer o que ele sabe de melhor e até dar espetáculo, mas quando há a cobrança por resultado, a caminhada fica mais densa, mais pesada, com isso aumenta a preocupação, o nervosismo, o stress e a ansiedade e o foco, que deveria ser na sua performance é deliberadamente desviado para atender às expectativas alheias, é justamente nesse ponto que muitas pessoas bastante inteligentes e estudiosas não conseguem obter resultados significativos na vida, como: Ser aprovada em uma prova, um concurso público, uma negociação, uma entrevista de emprego ou mesmo uma venda. Portanto, a ideia é CURTIR A TRAJETÓRIA, pois só assim, abre-se o canal da criatividade levando a pessoa a entrar em estado de flow. E os resultados passam a ser meras consequências. Ah! Só uma coisa, pelo amor de Deus, jamais confunda o estado de atenção relaxada com desleixo, negligência, omissão, irresponsabilidade ou ser relapso.

Desse modo, vamos nos livrar de toda a carga que nos pesa, sobretudo a das cobranças que invariavelmente recaem sobre nós, isso não significa agir de forma irresponsável e sem um propósito ou direção, mas trabalhar com mais alegria, entusiasmo e com o máximo do potencial criativo, curtindo a jornada e apreciando cada momento.

Gostou do tema? Tem alguma experiência parecida? Compartilhe comigo, terei o maior prazer em conhecer a sua história e quem sabe, contribuir com outras pessoa que têm as mesmas dificuldades, envie suas dúvidas, sugestões, sua opinião para o whatsapp (011) 99546 8145 ou mande um e-mail para fale@cibracoaching.com.br. Você poderá fazer parte do nossa próxima edição.

Sobre o Autor

Nelson Vieira, sou Advanced Coach Senior e Master Coach Trainer, certificado por diversas instituições internacionais ao redor do mundo, tendo formado aproximadamente 5 mil coaches pelo Brasil. Para conhecer mais acesse: www.nelsonvieira.com.br

Deixe um comentário 6 comentários

Luisgustavolintz - alguns meses atrás Responder

É isso aí Campeão, tenho algumas histórias para contar, aliás quer contar essa no rádio?

Grande abraço mestre

    Nelson Vieira - alguns meses atrás Responder

    Opa meu amigo,

    Claro! Será um enorme prazer compartilhar essa e outras histórias com o seu ouvinte de Campinas e do Brasil meu amigo precisamos apenas acertar os detalhes.

    Conte comigo!

Luisgustavolintz - alguns meses atrás Responder

Grande abraço mestre

    Nelson Vieira - alguns meses atrás Responder

    Olá grande Luis Gustavo, outro grande abraço pra você!

Lourival Santos - alguns meses atrás Responder

Estado de atenção relaxada.
Uma de suas maiores dicas, durante a formação, que está possibitando atingir minha melhor versão.
Sair de meu estado atual, para o meu estado desejado. Gratidão Nelson.
This is coaching, This is Cibracoaching!

    Nelson Vieira - alguns meses atrás Responder

    Isso aí meu amigo! Realmente, essa dica pode ser o grande diferencial entre a ação e os seus melhores resultados. Receba meu forte abraço!

Deixe um comentário:







Scroll Up