Foco, você tem um?

– Qual é o seu foco?

– Ser presidente da república, ou, ser um astro de cinema em Hollywood, ou ser milionário, ou ainda, ser ministro do Supremo Tribunal Federal (essa é a mais nova onda do momento), enfim.

Por incrível que pareça, as pessoas continuam fazendo confusão entre o que seria apenas um sonho (uma fantasia), um objetivo e o que seria foco, por esse motivo, vamos começar a desmistificar essa questão de uma vez por todas.

Um sonho (uma fantasia):

É algo que desejamos muito, em alguns casos, surreal, por isso chamo também de fantasia. Isso não é ruim, em hipótese alguma, pelo contrário, pode ser até bem positivo, desde que a energia seja toda canalizada para a concretização deste sonho, mas o que vejo é exatamente o contrário, muitas pessoas perdidas em meio a seus devaneios e sonhos grandiosos, mas sentadas no sofá manuseando o controle remoto da televisão e curtindo a famigerada síndrome do “e se…”: – Ah, se eu tivesse grana! – Ah, se eu tivesse tido essa oportunidade; – Ah, se eu tivesse no lugar desse cara, e por aí vai. Isso é não apenas perigoso, mas pernicioso, capaz de contaminar, com explicações vazias e justificativas furadas, todas as áreas da vida do sujeito como uma forma de responsabilizar fatores externos pelo seu fracasso, como: Os pais, familiares, a origem humilde, a região geográfica “desfavorável”, a educação precária, enfim, tudo vai ser motivo de culpa para que você não seja ninguém na vida, mas o que você fez de diferente para mudar essa realidade?

Assim, sonhar é fundamental, é importante e inspirador e quanto maior for esse sonho, melhor, desde que sirva como uma fonte de inspiração para levá-lo cada vez mais longe na vida com prosperidade, felicidade e abundância. Portanto, aproveite suas noites para sonhar e viver tudo aquilo que ainda não viveu, mas ao amanhecer, levante-se comece a correr atrás da realização desse sonho.

Objetivo:

Um sonho passa a ser um objetivo quando você o coloca no papel e começa a tangibiliza-lo, definindo etapas a serem cumpridas, metas a curto, médio e longo prazo. Aliás, isso que faz um sonho se tornar realidade: PRAZO! Muitas pessoas ainda não se atentaram que só é um objetivo realmente quando você define exatamente o que quer; o por que quer tanto realizar isto; quando quer que aconteça (prazo final); quanto vai precisar investir (tempo, energia, dinheiro) para a realização deste; e, para finalizar, é preciso definir um planejamento consistente, afinal, não dá para focar em um objetivo, tipo: “Ser o apresentador âncora do Jornal Nacional” se você ainda nem foi aprovado no vestibular e pasmem, é isso que acontece com inúmeras pessoas e consequentemente as fazem desistir dos seus projetos antes mesmo de começarem a sua luta.

Foco:

É quando você sabe exatamente onde e quando você quer chegar e você tangibiliza isso em um projeto (com objetivo e metas menores) – um passo após o outro – como abordei acima, pois um objetivo é constituído de várias ações menores que, cumpridas dentro de um espaço de tempo, o aproximarão cada vez mais do resultado final. Contudo, isso só acontecerá se você se mantiver focado no objetivo, algumas pessoas criticam os norte-americanos e os japoneses, os primeiros por serem obcecados por metas e desafios, os segundos por serem extremamente disciplinados e igualmente focados. Portanto, não adianta você querer se tornar um jornalista famoso, reconhecido e premiado do horário nobre da TV se você é volátil e, ao invés de colocar toda a sua energia para definir os passos necessários que o levarão a este objetivo, você muda a cada momento: Por exemplo: Disseram que o que está dando dinheiro agora é pizzaria, você não sabe nem como fazer uma massa, mas se mete a abrir uma pizzaria; ou então, o senhor ali da mercearia apareceu com um carro novo, logo a pessoa deduz: “Rapá, né que esse negócio de vender verdura é bom mesmo?!”, mas nunca se prestou a comprar nem um tomate na feira, quanto menos em quantidade para comercializar, quais as chances disso dar certo? Hum, pensou o mesmo que eu?!

Aceita uma dica importante para ajudá-lo a manter o foco?

Entenda que o seu cérebro se expande em função do tempo que você tem disponível, portanto, quanto mais tempo você tem de prazo, maior é a sua dispersão, assim, para ser produtivo e se divertir, defina prazos menores para cada meta relacionada ao seu objetivo maior, dessa forma, vai vencendo as etapas quase sem perceber e quando você menos esperar, no mínimo, você já se superou, e muito!

Quer se manter mais focado? Quer ser mais produtivo? Conheça estratégias inteligentes que o ajudarão a ser mais produtivo, evitando a dispersão e canalizando sua energia para a realização dos seus sonhos. Saiba mais sobre técnicas e recursos em nossa formação em coaching internacional que ocorrerá em Belém no período de 25 a 28 de janeiro (módulo I) e de 22 a 25 de fevereiro (módulo II).

Gostou do tema? Passou por alguma experiência diferente? Compartilhe comigo, terei o maior prazer em conhecer a sua história e quem sabe, contribuir com outras pessoa que têm as mesmas dificuldades, envie suas dúvidas, sugestões, sua opinião para o whatsapp (011) 99546 8145 ou mande um e-mail para: fale@cibracoaching.com.br. Você poderá fazer parte do nossa próxima edição.

Posted in Uncategorized.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *