Autoliderança … o princípio de qualquer gestão

Provavelmente você já ouviu alguém dizer o quanto é importante desenvolver a sua liderança. Nessa hora muita gente pensa em uma equipe de pessoas voltadas para atingir um objetivo comum. Até aí, tranquilo e até favorável.

O desastre acontece quando o indivíduo pensa que liderar pessoas é como gerenciar processos, e depois de alguns equívocos liderando processos e tentando gerenciar pessoas, se dá conta de que são coisas completamente diferentes, aí vem a frustração! Então calma, vamos organizar as coisas:

Gestão consiste em gerenciar coisas, administrar processos, dirigir pessoas avaliando sistematicamente os resultados obtidos para ter a certeza de que estão indo em um mesmo sentido com um só propósito, o de atingir os resultados propostos. Para gerenciar processos, utiliza-se diversas ferramentas, como: PDCA; Matriz 5W2H; Diagrama de Ishikawa, KPIs, enfim, são inúmeros os instrumentos disponíveis para gerenciar um projeto.

Liderança, por sua vez, pode ser entendida como a habilidade de influenciar pessoas para trabalharem entusiasticamente visando atingir aos objetivos identificados como sendo para o bem comum, segundo James C Hunter ou mesmo alguém que é responsável pelas decisões, no topo de alguma unidade de negócios da organização, cujo trabalho é criar as condições para que as outras pessoas sejam eficazes, de acordo com Allan Cohen.

No entanto o desafio maior, está por vir, e olha que não é gerenciar coisas ou liderar um grupo de pessoas, mas liderar a si mesmo. Reparou que, no geral, exigimos demais do outro, sobretudo quando se trata de fazer algo que nem sempre nós estamos suficientemente preparados? Mas exigimos! Depois fica difícil compreender porque as pessoas te “obedecem” mas não te respeitam, é muito fácil de perceber isso porque muitas vezes fazem só o que têm de fazer, sem se preocupar com o esmero, com a qualidade, enfim, formam um grupo de pessoas acéfalas que agem sem pensar e muitas vezes causam sérios prejuízos à empresa por conta desse descaso com o resultado final. Problema das pessoas? Não, da liderança! Então vamos substitui-lo e oxigenar mais esse ambiente. Em busca do líder ideal.

O líder ideal, entende que ele precisa inspirar as pessoas ao invés de apenas ordenar, para tanto, trás com ele algumas habilidades fundamentais para tocar o coração dos seus liderados e manter um clima agradável e propício para o alcance dos principais objetivos propostos pela organização.

Ele entende que um líder tem a capacidade de levar as pessoas a fazerem de boa vontade o que ele quer por causa de sua influência pessoal, ou seja, ele tem autoridade e aqui começa a ficar evidente um conjunto de características que se somam ao seu carisma pessoal e produz resultados é incríveis. Heis algumas:

  • Não dá respostas, faz perguntas que estimulem os subordinados a pensarem;
  • Não se rende a meras justificativas, mas foca na solução;
  • Estimula o melhor potencial das pessoas, sobretudo diante das condições mais adversas;
  • Não tenta, faz! Pois ele sabe que a palavra tentar foi criada para justificar a falta de empenho e dedicação em fazer algo.
  • Não crê na idéia de fracasso, mas sim de aprendizado, ou seja, toda experiência é válida. Fracasso é desistir, sucesso é aprender com as falhas, corrigi-las e retomar o curso normal das coisas, só que de uma forma melhorada;
  • Trabalha em parceria com a equipe tornando-se uma parte dela e não ficando à parte ou acima dela;
  • É centrado em objetivos, mira resultados e foca no bem comum em detrimento dos interesses pessoais;
  • Procura ser justo, ético e crítico, a começar por si próprio;

A boa notícia, é que, com determinação e disciplina qualquer pessoa pode desenvolver esse conjunto de características pessoais olhando cada vez mais para dentro de si e através de um processo rico de reflexão passa a se conhecer com todos os seus acertos e erros, virtudes e vícios, qualidades e limitações, só então ele passa a ter controle da situação, liderando e gerenciando a si mesmo, o princípio de tudo!

Desse modo, para pensar nesta semana. Quer resultados melhores em sua vida? Entenda que tudo começa dentro só então vem pra fora, portanto, fica a dica: – Conhece-te a ti mesmo e então lidera-te!

Se você tiver alguma dúvida ou quiser saber mais sobre esse e outros assuntos e quiser vê-los respondidos por aqui, faça como Katharine Bernardes de Brasília, mande um e-mail para: fale@cibracoaching.com.br.

Nelson Vieira
 

Nelson Vieira, sou Advanced Coach Senior e Master Coach Trainer, certificado por diversas instituições internacionais ao redor do mundo, tendo formado aproximadamente 5 mil coaches pelo Brasil. Para conhecer mais acesse: www.nelsonvieira.com.br

Click Here to Leave a Comment Below 0 comentários

Leave a Reply:

Scroll Up