Negócios, fé e espiritualidade: Uma química perfeita

O Círio e as oportunidades de negócios

Hoje, em Belém, se comemora o Círio de Nossa Senhora de Nazaré, uma manifestação de fé da comunidade católica que acontece há séculos na cidade. Este ano, o Círio deve atrair cerca de 83 mil turistas à Belém, injetando cerca de 1 bilhão de reais na economia local. Interessante que essa grande festa religiosa é marcada por simbolismos que nos trazem grandes lições para o mundo dos negócios. É quando o povo se reúne em torno da berlinda que conduz a imagem da Santa e a cidade fica tomada por uma energia que emociona, encanta e comove cristãos independentemente de denominação ou mesmo os mais céticos.

Quanto mais eu me dôo, mais  eu recebo de volta e cada vez mais potencializado. Assim é a vida e essa é uma regra da física quântica defendida pelo físico indiano Amit Goswami, que busca, em seus estudos, conciliar ciência e espiritualidade, como um modo de ser, de pensar, de sentir e de agir no mundo.

Aprendizados abstraídos desta experiência?

Estou realmente convencido de que nós produzimos matéria e dela emana energia que se forma através dos prótons, átomos e elétrons e cada um de nós carrega esse conjunto de forças que atraem ou repelem, dependendo das nossas escolhas.

É óbvio que nenhum de nós tem controle sobre o que acontece no mundo e o tempo inteiro nos acontecem coisas que provocam sentimentos e sensações internas que nos deixam alegres, satisfeitos e plenos ou, ao contrário, tristes, decepcionados e ressentidos.

A questão não é essa,  mas o que se segue a cada experiência, que se reflete na maneira como nos comportamos e interagimos com o meio. Isso significa que, quando voltamos a nossa atenção apenas para nós mesmos, canalizamos toda essa carga de energia internamente e quando ela se excede, acaba extrapolando os limites da intimidade e se manifesta publicamente.

Por exemplo: Se alguma coisa muito boa nos acontece, corremos o risco de exagerar na comemoração, ignorando ou até menosprezando os sentimentos dos demais, tornando-nos inconvenientes. Do mesmo modo, o oposto também se faz verdade, uma decepção ou um acontecimento fatídico potencializa essa frustração levando-nos a andar emburrados, tristes, deprimidos, manifestando sentimentos de mágoa e remorso.

Repare que ambos são comportamentos repulsivos e acabam afastando as pessoas.

Por outro lado, ao nos preocuparmos genuinamente com os demais, ao vivermos o momento, atraímos as pessoas para o nosso lado e a carga fica mais leve quando compartilhamos tanto alegrias quanto a dor.

Qual a relação disso tudo com os negócios?

Imagine um negócio, cuja razão de existir seja somente o lucro. Um lugar que não se preocupa com os funcionários, com os clientes, com os parceiros, nem com a sociedade, onde os contatos são frios e sem vida, ele até se sustenta,  mas certamente por um curto período de tempo, até aparecer algo melhor. Concorda? Todo negócio tem uma missão, um propósito muito maior do que tão somente o lucro imediato, uma conexão com o divino. Desse modo:

  • Qual o propósito maior da sua empresa?
  • Que valor ela agrega à comunidade, à sociedade, ao planeta?
  • Qual é a razão maior da sua existência e da sua empresa ou do seu negócio?

Fé, espiritualidade e negócios:

Pode não parecer, mas isso também é energia produzida: você agrega valor ao mundo, desenvolvendo um negócio sustentável, que produz com excelência, tem qualidade nos produtos e no atendimento onde as pessoas percebem o carinho, o zelo e sentem-se acolhidas, é óbvio, é a própria lei da reciprocidade. O lucro deixa de ser o fim em si e passa a ser mera consequência.

Assim, faz todo o sentido aquele dito “Cada qual colhe aquilo que planta“ e assim como acontece na vida, se reflete nos negócios. Desse modo, se você quer carinho, dê mais carinho; deseja ser amado, ame mais; quer ser compreendido, procure compreender; espere reconhecimento, reconheça! Ao fazer isso, a luz do outro não lhe ofusca, pelo contrário, ela vai refletir o seu brilho mais intensamente. Do mesmo modo, nos negócios, se queres lucrar, agregue valor à vida das pessoas, desperte sentimentos de plenitude, alegria, bem-estar e contentamento. O sucesso é consequência!

Desejo uma semana abençoada, repleta de reflexão, transformação e de muitas realizações.

Assim, desenvolva-se continuamente, por isso, a Cia Brasileira de Coaching está com uma nova turma para o workshop de Liderança e autogestão a ser realizado no período de 08 a 09/11/2019, das 8h às 18h em Belém. Obtenha maiores informações através do nosso whatsapp (11) 99546 8145.

Gostou do tema? Tem alguma dúvida ou quer que eu escreva sobre algum assunto em especial? Envie sua opinião para o whatsapp (11) 99546 8145 ou mande um e-mail para nelsonvieira@cibracoaching.com.br  você poderá fazer parte do nossa próxima edição.

Nelson Vieira
 

Nelson Vieira, sou Advanced Coach Senior e Master Coach Trainer, certificado por diversas instituições internacionais ao redor do mundo, tendo formado aproximadamente 5 mil coaches pelo Brasil. Para conhecer mais acesse: www.nelsonvieira.com.br

Click Here to Leave a Comment Below 0 comentários

Leave a Reply:

Scroll Up