Siga em frente assim mesmo…

Caro amigo empreendedor, hoje minha conversa é com você, que não foi convidado para ir pro Sal e nem vai tirar férias (quem vai, parabéns! Fez por merecer e também tem o meu respeito), você, também uma pessoa de sucesso, guarde bem essa palavra: SU-CES-SO! Já parou para pensar no preço para chegar lá? Está disposto a pagar? Sim? Então chega mais, vamos conversar:

O sucesso é um lugar doce, agradável e relativamente confortável, no qual você goza de todo o prestígio e respeito, lá, certamente haverão muitas regalias, convites e até estenderão tapete vermelho por onde você for. A questão é o quanto você está disposto, de zero (nem um pouco) a dez (totalmente), a ir até lá? É, meu caro, pergunto isso porque a ideia de sentir-se admirado, querido e respeitado é bastante sedutora, mas não se engane, é um lugar solitário que as fotos no instagram e os posts do facebook não revelam, mesmo assim, leva muitas pessoas a pensarem que você chegou lá de uma hora para outra, tipo: “Dormiu pobre e acordou rico” ou “amanheceu ‘burro’ e anoiteceu inteligente” ou simplesmente que você é um cara de muita sorte que nasceu virado pra lua. Olhando por esse ponto de vista, todos querem estar no seu lugar, fazendo aquilo que você faz, como se não houvesse tido nenhum sacrifício para aprimorar suas habilidades e seus talentos ou você acha mesmo que maestria cai do céu? Então vamos refletir um pouco:

1- Você está consciente de que para alcançar o seu objetivo você vai ter que se sujeitar à dor? Não falo somente da dor no aspecto físico, mas principalmente a dor na alma, como:

Julgamento: Inevitavelmente vão te rotular: o metido; o mal humorado; o sem graça; o certinho; o mala, o autoritário; e tantos outros, mas pior do que todos esses rótulos juntos, é o afastamento de algumas pessoas por não compreenderem bem o seu propósito. Siga em frente assim mesmo!

Rejeição: É possível que alguns velhos amigos e até familiares se reúnam com alguma frequência e “esqueçam” de lhe convidar o que pode ser realmente um lapso ou consequência do julgamento. Isso dói? Sim, muito! Mas siga em frente assim mesmo!

Desprezo: Pode ser que nos momentos de dificuldade você se veja sozinho e procure ajuda, haverão aqueles que lhe estenderão a mão, mas prepare-se para se decepcionar com a outra parte, portanto, reduza ao máximo qualquer expectativa em relação às pessoas, essa é uma tática para minimizar o impacto da frustração e siga em frente assim mesmo!

Desconfiança: Entenda que as cobranças vão chegar, não falo do título do fornecedor apenas, mas a cobrança por resultados principalmente dos familiares, mesmo que nem sempre sejam manifestadas verbalmente, talvez a maioria delas venha disfarçada, veja com naturalidade, mas é bom estar psicologicamente preparado e siga em frente assim mesmo!

2- De que você estaria disposto a abrir mão para se dedicar à realização do seu sonho?

Talvez a dor de nem sempre fazer parte dos grupos com as pessoas mais próximas; as preocupações diárias e a constante vigilância para que tudo saia com qualidade, assim, muitas vezes você se verá obrigado a afastar-se das pessoas que você mais ama. Neste ponto, avalie se realmente vale a pena abrir mão dos amigos e familiares em nome do seu sucesso, que é onde todos querem estar, mas poucos se arriscam ir até lá, pois o trajeto gera dor, aflição, incerteza, mas acredite: você não embarcou nessa viagem à toa e se existe um propósito, todo sacrifício será compensado e tudo valerá a pena, portanto, quando se vir na escuridão, acenda a lanterna da esperança e siga em frente assim mesmo!

É amigo, você que recolhe impostos, que gera emprego, mesmo pagando altos encargos, você, que “mata um tigre por dia” para manter o seu negócio, que faz girar a roda econômica do estado, que contribui para o progresso da nação, mesmo quando o cenário é crítico, você que já estourou todo o limite do seu cartão de crédito e recebe diariamente a “cordial” ligação do seu gerente do banco para lembra-lo do título que está vencendo e ainda luta bravamente para se equilibrar financeiramente buscando proporcionar uma vida digna à sua família e honrar com todos os seus compromissos. Você é um herói e tem todo o meu respeito e admiração! Por fim, entenda que, o que você construiu ninguém pode lhe tirar, então, mude a lente e veja as dificuldades como meros obstáculos a serem superados, divirta-se e siga em frente assim mesmo … sempre em frente!

Gostou do tema? Quer saber mais sobre esse assunto? Queremos lhe ouvir, envie suas dúvidas, sugestões, sua opinião para o whatsapp (011) 99546 8145 ou mande um e-mail para: fale@cibracoaching.com.br. Você poderá fazer parte do nossa próxima edição.

Nelson Vieira
 

Nelson Vieira, sou Advanced Coach Senior e Master Coach Trainer, certificado por diversas instituições internacionais ao redor do mundo, tendo formado aproximadamente 5 mil coaches pelo Brasil. Para conhecer mais acesse: www.nelsonvieira.com.br

Click Here to Leave a Comment Below 0 comments

Leave a Reply: